April 24 2017

Jeniffer Elaina da Silva

Em que o nome sujo pode ou não te prejudicar

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Muitos acreditam que só porque possuem nome sujo perdem muitos direitos, mas é importante saber até onde isso realmente é verdade ou não.

É lógico que ninguém quer ter o nome sujo, mas se a situação apertou e ainda não conseguiu regularizá-la, melhor saber em que pode ser prejudicado ou não para estar ciente das situações em que pode ter alguma dificuldade.

Veja só:Em que o nome sujo pode ou não te prejudicar

Posso conseguir emprego com nome sujo?

Uma determinação de 2012 do Tribunal Superior do Trabalho (TST) definiu que se a pessoa estiver com o nome sujo pode ser excluída de uma seleção de trabalho, conforme vontade do empregador. Isso também deixa livre a empresa para fazer a consulta que precisar a fim de descobrir se está com algum débito pendente antes de te contratar.

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Vale lembrar que isso não é uma obrigação nem restrição a todas as empresas, mas torna-se um fator que pode ser usado no momento da seleção pelas organizações que optarem por isso.

Posso prestar concurso com nome sujo?

Se a dúvida que existe é de poder prestar ou não um concurso tendo restrição em seu nome, a verdade é que você não pode estar inadimplente para ocupar um cargo público, então se tem a intenção de ter uma carreira estável através de um concurso, certifique-se de que seu nome está limpo e preste com a máxima tranquilidade.

Posso abrir conta no banco com nome sujo?

Infelizmente, como já imaginava, não conseguirá abrir conta corrente nem ter cartão de crédito tendo o nome negativado. Isso se deve ao fato de que é difícil conceder crédito para quem não consegue deixar as contas em ordem.

O que pode ser considerado abusivo para quem tem nome sujo

Mesmo com diversas restrições quando se tem nome sujo, isso não dá o direito de te demitirem nem negarem um visto de entrada em outros países, bem como nada te impede de tirar um passaporte.

Agora que já sabe como o nome sujo pode te prejudicar ou não, melhor regularizar logo sua situação para se livrar destes empecilhos e, enquanto isso, ficar de olho em seus direitos e possíveis atitudes abusivas.

Quer se livrar do nome sujo? Conheça dicas úteis para contratar um empréstimo e limpá-lo!

Como conseguir não ter o nome sujo

Se você está com dívidas e não quer ter seu nome sujo na praça, anote as nossas dicas:

– Separe a renda fixa conforme valor das dívidas

Reserve, mensalmente, uma parte da sua renda para quitar as suas dívidas. Para conseguir cumprir isso, você pode considerar que, se ganha R$ 2.500,00 por mês e tem dívidas que somam em torno de R$ 1.800,00, considere seu salário para “sobrevivência” e novas compras de apenas R$ 700,00. Você vai ver que é melhor sacrificar alguns meses e conseguir manter o seu nome limpo do que se afundar em dívidas e pagar um “horror” de juros por atraso, além do nome sujo.

– Faça um empréstimo com taxas menores

Se você ficar com a dívida em aberto, terá que pagar uma “fortuna” de taxas de juros. Principalmente no caso de cartão de crédito, onde as taxas podem chegar a 440% ao ano. A dica é você contratar um empréstimo pessoal e quitá-las, ficando assim, apenas com uma dívida para se preocupar. Só não deixe de pagar esse empréstimo para não se afundar em dívidas novamente.

– Negocie com seu credor

A dívida está alta demais devido aos juros acumulados? Não tenha vergonha e negocie com o seu credor. No caso de estar devendo para o banco e este não lhe oferecer uma solução melhor, tente fazer a portabilidade do crédito, trocando de banco. Para isso, você precisa negociar com outro banco e este deve aceitar a sua dívida. Conforme a regulamentação do Banco Central, o consumidor pode fazer essa portabilidade, caso encontre um banco que assuma financiar sua dívida, oferecendo condições melhores de pagamento.

Veja porque o Brasil está com tantas pessoas com o nome negativado, um problema que vai além da crise.