October 4 2016

Andréia Silveira

5 dicas para negociar suas dívidas

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Está endividado? Não fique preocupado, pois vou te ajudar com 5 dicas para negociar suas dívidas.

5 dicas para negociar suas dívidasTer dívida é algo muito comum, afinal, a maior parte das pessoas não consegue comprar um carro ou uma casa, por exemplo, sem optar por um financiamento. Porém, as dívidas podem resultar em um problema enorme na vida da maior parte dos consumidores, já que vários possuem mais do que um saldo devedor.

Entenda tudo sobre “nome sujo” e evite ficar com o seu restrito na praça, 🙂

Como negociar suas dívidas

Ser uma pessoa descontrolada financeiramente, pode fazer com que você se torne inadimplente, já que comprometeu a renda de forma exagerada. Ter o nome sujo é algo desmotivador e vergonhoso, mas como sair dessa? Veja alguns passos:

  1. Antes de procurar os credores

Você precisa calcular o quanto está devendo, tanto as parcelas atrasadas como as que estão a vencer. Depois, faça uma planilha do quanto é a renda mensal e o que tem para pagar dentro do mês, como as contas primordiais de serviços e impostos. Tendo um valor X que “sobra” dessas contas fixas, você sabe o quanto pode pagar na negociação com os seus credores.

Se precisar, faça um bico para aumentar a renda enquanto sana suas dívidas.

  1. Negociando com os credores

Se você tiver várias dívidas e não consegue saná-las de uma só vez, o que eu lhe indico é dar preferência para que possui taxa de juros mais alta e a que oferece corte do serviço, desde que este seja necessário em sua casa.

Mesmo com a crise financeira, é possível manter seu nome limpo e eu vou te ajudar, 😉

  1. Portabilidade de crédito

Se você não recebeu uma proposta vantajosa para negociar suas dívidas e que possa honrar, faça uma contraproposta. Se mesmo assim não for possível chegar a uma negociação favorável, conte com a portabilidade de crédito. Muitos bancos podem aceitar a transferência de dívida e você poderá receber condições mais vantajosas.

  1. Buscando ajuda no Procon

O Procon é um órgão que está sempre pronto a te ajudar através do Programa de Apoio ao Superendividado do Procon. Por meio dele você receberá orientação para a sua renegociação com os credores.

  1. Controle financeiro

Depois de conseguir renegociar todas as suas dívidas, é fundamental que você tenha total controle financeiro. A dica é administrar o que entra e o que sai mensalmente, anotando as suas contas fixas para saber o quanto sobra para novas compras. E por falar nisso, ao comprar qualquer produto, negocie um bom preço à vista e evite ao máximo um novo financiamento ou crediário. Dê preferência a poupar por mês e adquirir o que precisa sem precisar ficar devendo.

Não caia na sedução das ofertas de empréstimo fácil, seguindo as minhas dicas, 😉

Então, gostou das dicas de gestão pessoal para negociar suas dívidas? Conte a sua experiência e se precisar, tire suas dúvidas conosco, 😉


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário