June 24 2017

Andréia Silveira

Como recuperar o seu crédito na praça

Solicite seu empréstimo agora, preencha nosso formulário de cotação, clique aqui.

Quer saber como recuperar o seu crédito na praça? Anote as nossas dicas e volte a comprar e ter seu nome limpo.

Se você não quer mais ficar com o nome sujo e recuperar o seu crédito na praça, precisa conhecer as nossas dicas. Afinal, limpar o seu nome sujo e poder eliminar o problema de não poder comprar nada em seu nome é muito importante. Veja como recuperar o seu crédito na praça!

Como recuperar o seu crédito na praça

Dicas para recuperar o seu crédito na praça

Veja como recuperar o seu crédito na praça, seguindo um passo a passo simples:

– Escreva todas suas dívidas

Anotar as suas dívidas em uma lista é um bom jeito para identificar tudo o que está devendo. Você pode fazer uma planilha e organizar suas contas que pode ser pagas por: curto, médio e longo prazo. Também poderá anotar pelas principais, como: aluguel/financiamento, água, luz, mercado, entre outras.

Após separá-las, some-as e subtraia o valor total pelo seu salário. Assim, você conseguirá identificar se conseguirá pagar suas dívidas e quais são as mais urgentes. As que “sobraram”, você pode optar por pagar parcelado. Dessa forma irá efetuar o pagamento das que são necessárias para sua sobrevivência, deixando as outras também em dia. Porém, tudo dentro do seu orçamento.

– Negocie com seus credores

Assim que organizar suas contas totais, vá até as empresas em que deve. Fale diretamente com o gerente ou outro responsável e diz que quer ficar em dia, mas precisa de uma ajuda em parcelamento. Os credores querem receber e para isso, vão lhe conceder condições favoráveis. Não se esqueça que você tem outras despesas, então, some os juros e veja se é possível cumprir com o pagamento. Portanto, não aceite um plano que você não possa pagar e juntos, encontrem uma boa solução para ambos.

A importância de recuperar o seu crédito na praça

Renegociar as suas dívidas é muito importante e também traz enorme alívio, não é mesmo? Para conseguir um bom valor, tente pagar à vista e para isso, você pode contar um empréstimo. Ou seja, junta todas as dívidas e some o valor total, então, busque um bom empréstimo para fazer. Assim, você ficará com apenas uma dívida para pagar: a do empréstimo.

Não terá juros correndo e seu nome estará limpo. Mas atenção! Se você não tiver uma educação financeira, provavelmente irá se endividar novamente. Para evitar que isso ocorra, existem cursos que orientam sobre como lidar com seu dinheiro. Aproveite-os!

Outra coisa, se você vai quitar suas dívidas à vista, negocie incansavelmente um bom desconto. Você tem direito se souber negociar bem. E adote o hábito de gastar valores dentro do seu orçamento, considerando as probabilidades de, futuramente, entrar despesas extras que você não estava esperando.

Então, considere ter dívidas que não ultrapassem um valor X do seu orçamento. Assim você não corre o risco de precisar investir em outras contas e despesas e não conseguir pagar as mais antigas. Deixe sempre uma porcentagem generosa do seu orçamento livre, para despesas extras.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário